Facebook
Facebook
Instagram
YouTube
Twitter

INSTRUMENTALIDADE E INSTRUMENTAIS NO SERVIÇO SOCIAL.

OBJETIVO GERAL:

Possibilitar conhecimento para assistentes sociais no âmbito técnico-operativo em consonância com os fundamentos teórico-metodológicos e ético-políticos da profissão para o exercício profissional nos espaços sócio ocupacionais.

Proporcionar mediações para a intervenção profissional do assistente social, em especial para a apropriação dos instrumentais na perspectiva crítico-dialética.
Desenvolver conhecimentos e saberes de natureza prático-interventiva no campo profissional do Serviço Social.

Viabilizar a construção de estratégias interventivas e o estabelecimento da relação entre as dimensões teórico-metodológicas, ético-políticas e a prática profissional.

CARGA HORÁRIA:

360 horas

PÚBLICO ALVO:

Assistente Social e Estudantes finalizando o curso de graduação em Serviço Social que estejam no 8º semestre.

METODOLOGIA

As disciplinas terão aulas teórico-práticas participativas, que pretendem promover o diálogo, tratando o aluno como sujeito que constrói sua autonomia através de uma práxis transformadora. O processo de formação inclui simulações de atendimento individual e em grupo, estudos em grupo, seminários, análise de casos, relatos de experiência, debates, apresentação de vídeos, etc; meios que favorecem a expressão e o compartilhamento das experiências e a elaboração coletiva do conhecimento.  O curso inova ao usar uma metodologia fenomenológica em suas aulas, num processo de treinamento teórico-vivencial dos conteúdos específicos, que promove a integração relacional dos alunos consigo mesmos, com os outros e com o mundo, proporcionando um enriquecimento pessoal e formando um profissional mais seguro e preparado para o atendimento da complexidade do humano.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • Instrumentalidade Profissional no Serviço Social – 30h
  • Instrumentalidade e sua interface com o projeto ético-político do Serviço Social – 30h
  • Moral e Ética profissional – 30h
  • O Serviço Social e a arte como metodologia do trabalho do assistente social – 30h
  • Técnicas de redação e interpretação de textos – 40h
  • Instrumentais técnico-operativos –  técnicas de atendimento individual, trabalho com grupos – 40h
  • Instrumentais técnico-operativos – técnicas de visita domiciliar, registro de Ata de reunião, técnicas de elaboração de PIA – 40h
  • Instrumentais técnico-operativos – técnicas de elaboração de relatório, estudo social e pareceres – 40h
  • Planejamento e elaboração de projetos de intervenção – 30h
  • Gestão Social – 10h
  • Lei 8662/1993 – Competências e atribuições privativas do/ assistente social – 10h
  • O Trabalho social com famílias estratégias de intervenção: Grupo socioeducativo, dramatização – 20h
  • Metodologia do trabalho científico – 20h
  • Orientação para o artigo cientifico – 20h

 

 

Facebook
Facebook
Instagram
YouTube
Twitter