CURSO DE CAPACITAÇÃO EM ELABORAÇÃO DE LAUDOS, RELATÓRIOS E PARECERES

JUSTIFICATIVA

As questões sociais estão cada vez mais presentes nas profissões que atuam diretamente com a questão social em função das demandas exigidas pelos setores públicos, privados e terceiro setor. O profissional necessita habilitar-se profissionalmente na elaboração de relatórios e pareceres sociojurídicos.

OBJETIVOS

Formar e instrumentalizar os participantes sobre os conceitos e dimensões teórico-metodológica e ético-político, que envolvem a elaboração de relatórios, laudos e pareceres para os profissionais que atuam direta ou indiretamente no campo sócio jurídico. Possibilitar a reflexão dos instrumentais técnicos-operativos utilizados no desempenho do trabalho profissional como instrumento de garantias de direito. Discutir os instrumentos técnico-operativos, em especial o estudo e relatório social, perícia e laudo social.

PÚBLICO ALVO

Assistentes Sociais, Psicólogos e demais profissionais que atuam nas esferas políticas públicas, sociais, em Ong´s, setor privado e demais setores e seguimentos que exige a atuação do profissional que trabalha diretamente com a questão social e jurídica.

LOCAL

CEFATEF – Av. Pompéia, 2094 – Perdizes.

CARGA HORÁRIA

40 horas

Semanal: 2ª das 19h00 às 22h00.

COORDENAÇÃO

Prof. Andrea Dutra Alves

METODOLOGIA

Aulas expositivas com referências teóricas acerca dos temas que será ministrado em cada aula bem como exercícios práticos.

AVALIAÇÃO

Insira o conteudo

CONTEÚDO

O Estudo Social como forma de conhecimento crítico das diversas expressões da questão: O estudo social enquanto parte de uma metodologia de trabalho de domínio especifico e exclusivo do assistente social. O estudo social enquanto método investigativo, interpretação de dados a serem obtidos a partir de referenciais teóricos e emissão de opinião técnica.

O relatório como documento específico de elaboração do assistente social: O relatório social enquanto um dos documentos específicos elaborado pelos profissionais de serviço social, tem por objetivo apresentar de maneira descritiva uma determinada expressão da questão social no cotidiano profissional.

Pericia Social: percurso técnico-operativo do Assistente Social: Processo em que o assistente social realiza o exame de situações sociais. Pericia social enquanto instrumento privativo do assistente social. pericia social enquanto instrumento tradicional de utilização das instancias judiciárias.

A importância do relatório social seguido de parecer social: A análise da situação, que deve ser referenciada e relatada socialmente pautada nos fundamentos teórico-metodológico, ético e técnico- operativos que são inerentes ao Serviço Social. Objetivo do parecer como parte conclusiva do relatório social, opinião fundamentada que o assistente social emite sobre a situação estudada.

Noções de redação, nova ortografia, construção de parágrafos, organização textual, verbos de ação: Os diversos verbos de ação. coesão e coerência textual. elaboração de textos, nova ortografia da norma culta da língua portuguesa.

CONCLUSÃO
OBSERVAÇÕES